27 de dezembro de 2012

TAJ BURROW - FAIR BITS - FULL MOVIE

Taj Burrow´s... Fair Bits  O DVD do surfista australiano Taj Burrow é um dos filmes de surf mais criativos dos últimos tempos. Com uma seleção de vários pequenos videos, com cenários exóticos e situações engraçadas. Taj usa e abusa do jet ski para enriquecer suas imagens. Um filme de surf diferente, criativo e muito bem produzido. Fair Bits conta com uma participação coletiva de 7 diferentes filmmakers: Brendan & Emmett Malloy, Clark Eddy, Brendan Hearne, Taylor Steele, Scott Soens, and Kieth Malloy.

Visite o site de Taj Burrow:

http://www.tajburrow.com

Fonte: Surfers Village TV


26 de dezembro de 2012

Fin du monde pei


Somewhere in Indian Ocean.

Um belo trabalho da VIBESlab prod com os surfistas Adrien Rapp, Tom Frager, Dimitri Ouvré, David Grainville, Adrien Toyon, Rodrigue, Gael, Maxime Huscenot.
Imagens e Edição -> Patrick Perret - VIBESlab
Images Gopro -> Adrien Rapp


Where is Sancho? Marrocos!

Video do brasileiro Pietro França com o surfista francês Benjamin Sanchis, o Sancho, surfando nas ondas do Marrocos

Pietro, gaúcho radicado no Santinho (Florianópolis/SC) e morador de Hossegor (França) há tempos vem filmando com Sancho nas melhores ondas do planeta, fazendo belos vídeos e mostrando seu talento com a captação e edição de imagens. Os resultados desse trabalho estão nos vídeos da série Where is Sancho, que postamos aqui no blog.

Where is Sancho? Marrocos!


Surfer: Benjamin Sanchis
Filmed and Edited by Pietro l.Franca
Music: Anemone - Brian Jonestown

24 de dezembro de 2012

Boas Festas e Boas Ondas!


Esse post é para desejar a todos um FELIZ NATAL e que esse ANO NOVO seja ainda melhor e mais cheio de alegrias, conquistas e realizações. Que essa nova era que se inicia traga mais simplicidade e menos arrogância. Que desperte nas pessoas a consciencia de que precisamos melhorar nossas vidas e o nosso planeta sem pensar só no dinheiro. Mais consciência, mais natureza, mais paz, mais amor, mais vida e mais surf. Que as coisas simples da vida voltem a ter mais valor do que a grana ou o status. E que nossas vidas tenham muito mais praia, muito mais surf e muito mais sorrisos.
 
Nós, do SurfOnLine desejamos a todos o que há de melhor nessa vida: PAZ, AMOR, SIMPLICIDADE, NATUREZA e ÓTIMAS ONDAS!
 
 

21 de dezembro de 2012

Heitor Alves de férias em Garopaba.



Fim do mundo? Não para o apocalíptico Heitor Alves, que hoje cedo estava moendo as ondas da Praia do Silveira, em Garopaba, Santa Catarina. De férias o cearense aproveita os momentos de descanso em sua casa no litoral catarinense. Se ele volta para o WCT? Não temos a menor dúvida de que surf, ele tem de sobra.


No video abaixo Heitor e se amigo e preparador Marquito Moraes em um surf treino na Praia da Silveira hoje, 21/12/12, primeiro dia do verão.

18 de dezembro de 2012

Reconhecendo o surf.


Este filme é o resultado de estudos realizados pelo Surfari atrávés de pesquisas acadêmicas e mercadológicas em dados primários e secundários.
O filme: Muito se fala sobre o surf mas pouco se sabe sobre essa atividade e seus adeptos. O fato é que nas últimas seis décadas o esporte/passatempo/estilo de vida se tornou um dos maiores influenciadores da cultura jovem no mundo. Os hábitos e o consumo dos praticantes, principalmente, dos consumidores aspiracionais formaram um mercado pujante, e isso se reflete nas manifestações culturais, nas prioridades e nos objetivos de quem orbita essa cultura.
Neste filme utilizamos diversos conteúdos sobre os quais não possuímos direitos autorais e não temos a intenção de ofender nenhum artista ou organização. Qualquer solicitação favor entrar em contato pelo email: contato@surfari.com.br.
Nos baseamos claramente no vídeo ‘We All Want to Be Young’, da BOX1824. Obrigado pela inspiração.
Edição: Eduardo Linhares
Roteiro: Lucas Zuch
Narração: Tiago Masseti

E as marcas? Ninguém se habilita?



Um campeão, um ídolo, um cara que chama a atenção do público e da mídia por onde passa, está sem patrocínio. O catarinense Neco Padaratz é um dos maiores nomes do surf brasileiro.  Seus títulos falam por si: BI-CAMPEÃO MUNDIAL peloWQS, 10 VITÓRIAS em eventos WQS e 02 VITÓRIAS em eventos WCT. Polêmico, determinado, experiente e focado, Neco é praticamente um dos grandes guerreiros do surf nacional. Levou rasteira em um momento de jogo sujo por parte de integrantes da ASP e deu a volta por cima em grande estilo. E apesar das caras feias e do excesso de determinação, Neco é um homem com o coração de uma criança e amizades longas e verdadeiras no tour e na vida. Pois é, mesmo com todos esses ingredientes, todos de altíssimo valor para qualquer esquipe de marketing, está sem patrocínio. Um atleta muito bom no que faz, dedicado, focado, vencedor, pai de família, e sem patrocínio.

Essa semana Neco desabafou em sua página do facebook:

"Galera, ta quase terminando o ano, me ajudem a mobilizar a indústria do surf do nosso país, CONTINUO SEM PATROCÍNIOOOOO!!! Fui bi-campeão mundial, tenho 10 vitórias em eventos WQS, 2 vitórias em eventos do WCT, não é possível que eu não tenha um lugar ao sol nessa indústria..."

As vezes é difícil entender esse mercado do surf aqui no Brasil. Grandes ídolos tem sido simplesmente chutados de seus patrocínios depois de conquistarem grandes vitórias e muito respeito em todos os circuitos por onde passaram. Simplesmente porque uma nova safra de moleques mais talentosos chegou trazendo frescor para o mercado? Faltam verbas? Duvido. Neco não seria um bom atleta? Ele é!  Neco não seria um bom produto de marketing? Duvido. O que anda faltando é vontade e fé no potencial e no carisma do Neco.

O tal "mercado" não deveria esquecer dos ídolos do nosso esporte. Suporte e emprego para quem deu o sangue e ajudou a desenvolver o esporte e o mercado como um todo é o mínimo que se pode fazer por quem já foi ídolo e já deu muito lucro enquanto campeão.



Essas imagens são de Neco Padaratz competindo em Imbituba, no Super Surf Internacional de 2011.

O mesmo se passou com o Raoni. Um dos surfistas mais cascudos do tour, o cara que botou pra dentro numa das ondas mais sinistras do ano, no maior dia do século em Fiji, também estava sem um patrocínio. O cara está na elite do mundo do surf, no ponto de maior visibilidade do planeta e não haviam marcas interessadas em dar um patrocínio pra ele? estranho, muito estranho. 

Sem entrar em nenhum mérito e nem tomar partido de lado algum, mas talvez esses atletas estejam sendo julgados pelo mercado mais pela "fama" do que pelo surf que ambos vem apresentando. Com tantos anos de mercado, com tanta cultura e tanta história já envolvida (e transformada em milhões e milhões de dólares), está mais do que na hora das marcas no Brasil começarem a dar um suporte aos grandes ídolos do esporte. Pro resto da vida, quando o Neco chegar na praia, terei o mesmo fascínio e o mesmo respeito que tenho quando vejo o Occy ou o Tom Curren num evento. Esses caras mereciam um patrocínio vitalício por tudo o que representam ou representaram na história do nosso esporte. Ver o Neco, o Raoni e o Pedra sem patrocínio, é uma coisa que eu não entendo. De verdade que eu não entendo.

Por: Dadá Souza

16 de dezembro de 2012

I FESTIVAL PET SURF


Esse é o milésimo post do SurfOnLine. E nada mais legal que comemorar esse post publicando uma idéia diferente e um projeto criativo e relevante envolvendo o surf e o meio ambiente. 

Com o objetivo principal de divulgar a reciclagem, Jairo Lumertz, um surfista gaúcho que já morou no Hawaii, é shaper da Cuscabarone e o criador das pranchas e stand ups feitos com garrafas pet e do Projeto Prancha Ecológica, realizou nesse sábado, 15 de dezembro, o Iº FESTIVAL SURF PET, campeonato todo feito com pranchas de garrafas pet e que divertiu surfistas de todas as idades no canto norte da Praia da Garopaba, em frente a Escola de Surf Vento Sul.

O evento juntou surfistas profissionais e amadores, crianças e veteranos, que testaram suas habilidades nas pranchas feitas com garrafas de refrigerante recicladas. Uma idéia inovadora, criativa e que chama a atenção para a necessidade de reciclarmos o nosso lixo. Um evento bacana, festivo, divertido e com um clima de camaradagem.

O fotógrafo Gabriel Varalla Groppi, o GUEL FOTO & VIDEO, fez essas belíssimas imagens do evento vencido pelo campeão catarinense 2012, Yuri Gonçalves. Para conhecer mais sobre o trabalho do Guel e para agendar aquela sessão esperta de foto ou vídeo, acessa aqui: http://www.facebook.com/GuelVaralla?fref=ts

Fotos: gabriel@varalla.com / 48 9171.1209 e 9636.0482


 Yuri Gonçalves, o campeão catarinense 2012 levou também a o I FESTIVAL SURF PET
 Dudu, morador de Garopaba,  mostrando estilo na pet board


 Gabriel Scorsin já é íntimo das pet boards


 Chico Prieto, professor da Vento Sul


 Recicle! É bom demais.


 Praia da Garopaba, visual de dentro d´água na Vento Sul.
 Flavio Jardim e Niel Teme


Carlos Carpinelli e Yuri Gonçalves


Niel Terme gostou tanto do brinquedinho de garrafas que frequentemente é visto na Praia da Ferrugem com uma prancha dessas.

15 de dezembro de 2012

Raoni Monteiro garantido no WCT 2013

Raoni Monteiro em Fiji - Foto: ASP

O surfista carioca Raoni Monteiro continua no WCT em 2013. Raoni se machucou surfando uma onda enorme, durante uma bateria em Fiji, e acabou perdendo muitas etapas. Mas quando Raoni retornou, voltou como um touro, derrubando pequenos e grandes estrelas do tour fazendo baterias hiper consistentes.

Todos estavam na expectativa se a ASP daria ou não ao Raoni um desses wild cards mas a ASP chegou a uma decisão lógica: Raoni se machucou trabalhando e recebeu um dos dois wild cards que a ASP reserva para os atletas que se contundiram na temporada. Garantido na elite, Raoni tem mais uma chance de ouro no tour e fortalece o time brasileiro com experiência e com várias cartas na manga, principalmente nos dias grandes. 

Adriano de Souza, Gabriel Medina, Miguel Pupo, Alejo Muniz, Filipe Toledo e Raoni Monteiro formam a esquadrilha brasileira no WCT 2013.

ASP 2012 - Fechando o ano.



O abraço de mick Fanning em Joelk Parkinson diz tudo: A Australia está em festa!  Photo: ASP/Kirstin

Finalmente chegou o Dia do Parko Depois de 4 vice-campeonatos (2002, 2004, 2009, 2011)., o talentoso australiano Joel Parkinson (31), um dos surfistas mais admirados do mundo, chegou ao topo do mundo do surf com uma campanha muito consistente. Parko e Kelly travaram uma disputa que durou até a penúltima bateria do ano. Mas nessa sexta-feira, 14/12, o dia foi de Joel Parkinson, que além de conquistar o título mundial de 2012, ainda conquistou o título do Pipe Masters 2012.

Kelly Slater (40), que havia vencido três etapas e estava focado em completar sua “dúzia” de títulos, simplesmente desapareceu na semifinal contra o australiano Josh Kerr. Com a derrota de Kelly, o título foi automaticamente para as mãos de Parko. Não ter vindo a etapa brasileira custou caro ao Slater.

A consistência e a dedicação de Parko foram premiadas. Há muitos anos se esperava que o Parko fosse se tornar um campeão mundial e esse dia finalmente chegou. E tirou um peso enorme das costas de Joel Parkinson.
"I missed Brazil because I had a cut in my heel and couldn't really turn," Slater said. "I figured I'd just rest up and get focused. Probably the one that hurt the worst was Teahupo'o. I made two or three mistakes in a row and Ricardo (dos Santos) got a 9.8 with seven seconds left. I had a bad string over the last few months. It kind of fell apart after France. Portugal was a tough one and Santa Cruz, I was just real wobbly." disse o  Slater.
Josh Kerr foi um monstro. Pegou grandes tubos, tomou as vacas mais sinistras do evento e fez sua primeira final no WCT, justamente em Pipe. Foi ao hospital e ao Podium, mostrando que nada o intimida. Top 8 do mundo.
O havaiano John John Florence foi escolhido o Rockie of the year 2012 e também o vencedor do Hawaiian Airlines Airshow Winner com o melhor aero da tríplice coroa havaiana.

Sebastian Zietz (HAW) foi o vencedor da Vans Triple Crown of Surfing.

É preciso destacar o surf de Gabriel Medina e Miguel Pupo em Pipe. Se pairava no ar aquele velho arroto gringo que dizia que brasileiro não sabe surfar em onda de reef e que não sabia surfar no Hawaii, isso caiu por terra. Os garotos do Brasil são bons em qualquer tipo de onda r o mundo todo viu isso. Em Pipe os dois quebraram. Surfaram com tamanha naturalidade, estilo e ousadia, que surpreenderam a todos. Não fosse a metade da prancha do Kelly, que ficou abandonada no mar e acabou derrubando o Medina na saída do tubo decisivo da bateria, Medina teria avançada para a semi.  Ficou feio pro Kelly, que deixou uma metade de prancha boiando, e ficou feio pros juízes, que não deram como completa a onda do Medina. Mais uma pérola do (in)competente e protegido quadro de juizes da ASP.

Adriano de Souza finalizou o ano com uma excelente campanha: TOP 5 DO MUNDO!
Gabriel Medina, em seu primeiro ano completo no tour, surpreendeu a todos: TOP 7 DO MUNDO!
Miguel Pupo não começou o ano bem mas teve grandes momentos em 2012: TOP 17
Alejo Muniz também teve altos e baixos, mas com talento e dedicação, deu a volta por cima: TOP 18


Heitor Alves (BRA), Raoni Monteiro (BRA), Taylor Knox (USA), Jadson André (BRA), Dusty Payne (HAW) e Patrick Gudauskas (USA) não fizeram um ano muito bom e saíram da elite mundial. Taylor Knox deixa o tour aos 40 anos de idade e 22 de WCT. Mas como diz a música, enquanto uns caem, outros vem e os devoram. Filipe Toledo se classificou para o WCT 2013. Patrick Gudauskas, Willian Cardoso, Raoni Monteiro, Jean da Silva e Heitor Alves são os 5 primeiros alternates para 2013.

Vou fazer aqui o papel do advogado do diabo e sei que corro o risco, mas acho que podemos dizer. Os atletas mais disciplinados fizeram a sua lição de casa e se classificaram para o WCT 2013. O Como muito bem definiu o mestre de Pipe, Gerry Lopez: "A verdade é que quando os melhores surfistas estão alcançando o pico de sua performance, surfando seu melhor, eles não estão chegando nem perto de droga alguma." O tour chegou num ponto hoje em que ou você vira atleta de verdade e se dedica, ou acaba sendo atropelado por alguém talvez menos talentoso, mas mais dedicado. Aquele surfista derrubando garrafas de vodka na noite e que curtiu mais do que se dedicou, agora pode estar vendo sua chance ir embora por detalhes bobos, mas que fizeram toda a diferença.


Esperamos, de verdade, que em 2013, com essa "privatização" da ASP, que os webcasts sejam profissionalizados. Essa história de funcionários e patrocinados do evento fazerem as transmissões é, no mínimo, chato. O que os expectadores querem, é informação de qualidade e conhecimento. Quando caras como Renato Hickel, Roberto Perdigão, Júlio Adler, Alex Guaraná ou até o Marcos Sifu falam, todos escutam. Mas acompanhar um campeonato inteiro escutando funcionários elogiarem o próprio evento e torcendo descaradamente para um dos lados, é sempre ruim.


Você pode rever as baterias do Pipe Masters, ver fotos e resultados aqui:




Photo: ASP/Cestari

Photo: ASP/Dunbar



Photo: ASP/Cestari

Photo: ASP/Dunbar




RESULTADOS DO PIPE MASTERS 2012



BILLABONG PIPE MASTERS FINAL RESULT:
1 - Joel Parkinson (AUS) 17.17 - US$75,000
2 - Josh Kerr (AUS) 14.83 - US$30,000


BILLABONG PIPE MASTERS SEMIFINALS RESULTS:
SF 1: Joel Parkinson (AUS) 17.30 def. Damien Hobgood (USA) 14.63
SF 2: Josh Kerr (AUS) 11.13 def. Kelly Slater (USA) 4.90

BILLABONG PIPE MASTERS QUARTERFINALS RESULTS:
QF 1: Damien Hobgood (USA) 9.83 def. Sebastian Zietz (HAW) 9.17
QF 2: Joel Parkinson (AUS) 12.50 def. C.J. Hobgood (USA) 9.40
QF 3: Josh Kerr (AUS) 15.00 def. Yadin Nicol (AUS) 12.17
QF 3: Kelly Slater (USA) 18.73 def. Shane Dorian (HAW) 18.20

BILLABONG PIPE MASTERS ROUND 5 RESULTS:
Heat 1: Damien Hobgood (USA) 8.23 def. Kieren Perrow (AUS) 3.26
Heat 2: C.J. Hobgood (USA) 13.94 def. Dane Reynolds (USA) 8.00
Heat 3: Yadin Nicol (AUS) 13.00 def. Gabriel Medina (BRA) 12.00
Heat 4: Kelly Slater (USA) 19.27 def. Miguel Pupo (BRA) 10.66




LISTA DOS 32 CLASSIFICADOS 

PARA O ASP TOUR 2013:

TOP-22 DO ASP WORLD TOUR 2012 – 10 etapas:


1.o: Joel Parkinson (AUS) – 58.700 pontos
2.o: Kelly Slater (EUA) – 55.450
3.o: Mick Fanning (AUS) – 47.000
4.o: John John Florence (HAV) – 44.350
5.o: Adriano de Souza (BRA) – 42.350
6.o: Taj Burrow (AUS) – 41.900
7.o: Gabriel Medina (BRA) – 41.350
8.o: Josh Kerr (AUS) – 38.900
9.o: Julian Wilson (AUS) – 35.900
10: Owen Wright (AUS) – 33.600
10: Jeremy Flores (FRA) – 33.600
12: Jordy Smith (AFR) – 27.900
13: C. J. Hobgood (EUA) – 26.650
14: Adrian Buchan (AUS) – 25.400
15: Michel Bourez (TAH) – 24.250
16: Damien Hobgood (EUA) – 21.750
17: Miguel Pupo (BRA) – 19.450
18: Alejo Muniz (BRA) – 18.450
19: Kieren Perrow (AUS) – 18.200
20: Bede Durbidge (AUS) – 16.250
20: Travis Logie (AFR) – 16.250
22: Kai Otton (AUS) – 16.200

G-10 DO ASP WORLD RANKING – 45 etapas – 10 do WCT / 8 Prime / 27 Star:

01: Kolohe Andino (EUA) – 16.o lugar no ranking com 22.395 pontos
02: Matt Wilkinson (AUS) – 17.o com 22.350
03: Sebastien Zietz (HAV) – 19.o com 21.810
04: Glenn Hall (IRL) – 24.o lugar com 18.905
05: Brett Simpson (EUA) – 25.o com 17.310
06: Filipe Toledo (BRA) – 26.o com 16.700
07: Adam Melling (AUS) – 26.o com 16.690
08: Nat Young (EUA) – 29.o com 16.365
09: Fredrick Patacchia (HAV) – 30.o com 15.850
10: Tiago Pires (PRT) – 31.o com 15.820

———–primeiros alternates para 2013:

1.o: Patrick Gudauskas (EUA) – 32.o lugar com 15.030 pontos
2.o: Willian Cardoso (BRA) – 33.o com 14.820
3.o: Raoni Monteiro (BRA) – 34.o com 14.600
4.o: Jean da Silva (BRA) – 35.o com 14.470
5.o: Heitor Alves (BRA) – 36.o com 14.020

SAÍRAM DA ELITE DOS TOP-34 NO WCT 2012:

26.o no ranking: Yadin Nicol (AUS) – 14.950 pontos
27.o: Heitor Alves (BRA) – 14.750
28.o: Raoni Monteiro (BRA) – 13.500
31.o: Taylor Knox (EUA) – 9.000
32.o: Jadson André (BRA) – 7.750
32.o: Dusty Payne (HAV) – 7.750
32.o: Patrick Gudauskas (EUA) – 7.750

14 de dezembro de 2012

Joel Parkinson é o campeão mundial de surf de 2012.


O australiano Joel Parkinson foi declarado o campeão mundial de surf de 2012 quando o vice-lider do ranking, o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater perdeu, na semi-final do Pipe Masters, para o australiano Josh Kerr. 

Joel Parkinson, depois de quatro vices-campeonato, se torna um campeão mundial. A categoria, a experiência e a consistência de Parko foram enfim condecoradas. Hoje a festa vai ser grande no Hawaii e na Gold Coast.

13 de dezembro de 2012

Pipe Masters na reta final




O Billabong Pipe Masters 2012 segue parado no Hawaii enquanto todos esperam por um swell que deve começar a bombar no North Shore nessa sexta-feira. Depois das baterias inicias e dos atletas começarem sua última campanha do ano, um pouco de descanso. Mas nessa aparente calmaria, existe uma guerra-fria acontecendo. Mick Fanning caiu fora da disputa do título ao ser eliminado pelo havaiano quarentão e wild card Shane Dorian. Sobraram na disputa Joel Parkinson, o líder do ranking e nunca antes campeão mundial profissional, e o careca da florida Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial e vice-líder do ranking logo atrás de Parko. E é daí que esse clima tenso ecoa no silêncio do North Shore.

Joel Parkinson vem fazendo um ano muito consistente e lidera o ranking com 53.900 pontos. Parko não venceu nenhuma etapa mas foi 5ª na Gold Coast, 3º em Bells, 2º no Rio, 9º em Fiji, 2º no Tahiti, 2º em Trestles, 3º na França, 3º em Portugal e 5º em Santa Cruz. O talento, a categoria e a consistência em pessoa. Parko quer esse título mais do que nunca, e apesar de nunca ter vencido em Pipe, esse ano ele está surfando muito e promete lutar com todas as suas forças para vencer Kelly. Ele sabe que essa pode ser sua última chance.

Kelly Slater já conquistou o título mundial 11 vezes e conhece todos os caminhos e atalhos para se chegar ao topo. Mais do que isso, é um mestre da tática, da técnica e da estratégia quando o assunto é campeonato de surf. Com 50.700 pontos, Slater foi 5ª na Gold Coast, 2º em Bells, alegando um corte no pé não veio ao Rio de Janeiro, foi campeão em Fiji, 13º no Tahiti, foi campeão em Trestles (derrotando Parko na final), foi campeão novamente na França, foi 13º em Portugal e 9º em Santa Cruz. Uma máquina de vencer baterias. Só o Pipe Master Kelly venceu 6 vezes. Segundo o nosso instituto matemático, com os descartes das duas piores provas, Slater hoje estaria na frente de Parko. Mas segundo o email que recebemos da ASP, Kelly precisa superar os pontos de Parko, senão nada feito.

Kelly sabe que seus títulos pesam nas costas de Parko e sabe muito bem utilizar o seu mind game para mostrar ao Parko com quem é a disputa. O australiano há anos luta mas já começa a ter uma fama de eterno vice, e isso claramente o incomoda. 

Kelly ou Parkinson? Joel ou Slater? Parko já está garantido nas quartas. Kelly quer fechar essa “dúzia” de títulos e que o Parko continue como seu eterno vice. O clima aparentemente feliz e ensolarado do North Shore na verdade é tenso, como uma guerra-fria.

A verdade é que o campeonato esse ano além de emocionante e também surpreendente. Jamie O´Brien, que segundo ele próprio, é o melhor surfista em Pipe, não passou uma única bateria no quintal de sua casa e acabou eliminado no Round 2 pelo norte-americano CJ Hobgood.

Alejo Muniz, Ricardo dos Santos e Heitor Alves também acabaram eliminados no Round 2 da competição. Alejo perdeu para o havaiano Shane Dorian, Ricardinho perdeu para o Bede Durbidge e Heitor Alves perdeu para o experiente australiano Kieren Perrow.

John John Florence, de quem todos esperavam muito, talvez seja atualmente o melhor surfista em Pipe, mas nesse Pipe Masters John John não pode mostrar muita coisa. Acabou vencido pelo também havaiano Sebastien Zietz ainda no Round 3 da competição.

Adriano de Souza e Mick Fanning também deram adeus ao Pipe Masters nesse Round 3. Adriano perdeu para um endiabrado Dane Reynolds. Fanning perdeu para o experiente Shane Dorian.

O líder Joel Parkinson e o campeão da Hawaiian Triple Crown, Sebastien Zietz já estão classificados para as quartas de final. 

Kelly Slater enfrenta Medina e Josh Kerr na primeira bateria, assim que recomeçar o evento, valendo uma vaga nas quartas. 

Miguel Pupo enfrenta Yadin Nicol e Shane Dorian na última bateria do Round 4.

O Pipe Masters 2012 deve recomeçar nessa sexta-feira, 14 de dezembro.

Os videos, baterias e resultados podem ser vistos direto no site oficial do evento:

Fiquem ligados!

Aloha!



Messias Felix e Yuri Gonçalves, Campeões 2012


Dois parabéns especiais aqui do SurfOnLine essa semana. O primeiro vai para o Messias Felix, que esse final de semana se tornou bi-campeão brasileiro de surf profissional (2009 e 20012). O cearense fez uma bela campanha e conquistou o título brasileiro de 2012. Campeão em Maresias (SP) e no Cupe (CE) e vice em São Francisco do Sul (SC), Messias Felix mais uma vez vai escrevendo seu nome na história do surf brasileiro.


Messias Felix (CE), Oakley Pro 2012, Praia Central de Balneário Camboriú (SC), Foto Basílio Ruy

O segundo parabéns vai para o jovem talento de Garopaba Yuri Gonçalves, que se tornou campeão catarinense de surf profissional de 2012. Com um surf forte e com belos aéreos na manga, Yuri levou o título de 2012 também nessa etapa realizada em Balneário Camboriú (SC). 

Yuri ainda está concorrendo no campeonato de vídeos MENTAL SESSION com uma sessão de surf muito boa. Confere (e vota) lá: http://mentalvideos.tv/player.aspx?id=2039



Parabéns ao Messias Felix e ao Yuri Gonçalves. Grandes Campeões de 2012.

12 de dezembro de 2012

Brazilian Storm

Os brasileiros protagonizaram belíssimos momentos durante essa temporada havaiana. Alejo Muniz brigou pela tríplice coroa havaiana fazendo grandes apresentações em Haleiwa e Sunset, Gabriel Medina foi o vice-campeão em Sunset e Jessé Mendes e Alejo Muniz fizeram a semi em Sunset. E não foi só nas baterias que os brazucas se destacaram. Dá uma olhada nas manobras que nossos surfistas andaram mandando por lá. O primeiro vídeo é do Gabriel Medina e o segundo do Diego Santos.




Sabe aquela antiga piada dos gringos a respeito dos brasileiros almejarem o título mundial "eles seriam, se acreditassem que pudessem ser"? Pois é, hoje todos podemos rever os nossos conceitos. Os surfistas brasileiros sabem que podem vencer qualquer uma das "estrelas" do tour e não estão de bobeira. Os brazilian storm, como a mídia americana os chama, estão nesse jogo para ganhar. A cada ano os brasileiros estão melhores, mais competentes, mais profissionais e mais vencedores. E não são poucos os movitos de orgulho para o surf brasileiro. Ondas pequenas, ondas médias, ondas grandes, de tow ou na remada. O Brasil do surf se enche de orgulho de seus atletas. Ou alguém ainda duvida? O que sabemos é que a tal da Brazilian Storm anda incomodando muita gente. Muita gente loira, eu diria. Mas o que interessa em udo isso é que o Medina e Filipinho são dois atletas da elite que prometem performances arrasadoras no WCT 2013. Talento e ousadia não lhes falta. 

11 de dezembro de 2012

MENTAL SESSION



Estão abertas as votações para o Mental Videos 212, um campeonato de vídeos de surf organizado pelo renomado film maker brasileiro Paulo Tracco, um dos idealizadores do projeto MentalVideos.tv

O campeonato será todo online e o público ajuda a decidir votando e escolhendo o seu vídeo preferido. São 36 surfistas participando, e as melhores sessões ganham uma premiação em dinheiro e estrelarão no novo filme da Mental Vídeos, o MENTAL SESSION.

As regras do campeonato estão publicadas aqui: http://www.mentalvideos.tv/campeonato

Entra lá no site, aumenta o som e assista os vídeos de alguns dos maiores talentos do surf brasileiro simplesmente quebrando em points nacionais e internacionais. Uma verdadeira sessão de CineSurf. 

Veja os vídeos e escolha o seu preferido
http://mentalvideos.tv/mentalsession

Os concorrentes ao Mental Session 2012 (em ordem alfabética)
(Fonte: Waves)

Alan Frendrich
Alex Chacon 
André Silva 
Bino Lopes  
Caio Ibelli 
David do Carmo 
Diogo Leão 
Dodo Veiga 
Fernando Moura 
Gabriel Sodré 
Gilmar Silva 
Guilherme Tranquilli 
Heitor Pereira 
Ian Gouveia 
Icaro Rodrigues
Igor Gouveia 
Jano Belo
Jerônimo Vargas 
João Jucoski 
Leandro Bastos 
Luan Carvalho 
Lucas Silveira 
Luiz Gonçalves
Marco Polo 
Marina Werneck 
Nathan Brandi 
Netto Moura 
Pedro Henrique 
Pedro Todaro 
Petterson Thomaz 
Ricardo dos Santos
Ricardo Ferreira
Ricardo Wendhausen 
Vini Fornari
Yago Dora 
Yuri Gonçalves

5 de dezembro de 2012

Surf News


CANCELADA A ETAPA PRIME DE FERNANDO DE NORONHA

Agora é oficial. O Hang Loose Pro Contest, evento com 26 anos de tradição, está fora do calendário da ASP para 2013. Roberto Perdigão, diretor-regional da ASP South America é quem confirma o cancelamento da etapa. Uma notícia bastante ruim para quem gostava de ver os atletas surfando nos fortes canudos da Cacimba do Padre.

Fonte:
http://waves.terra.com.br/surf/noticia//etapa-cancelada-em-noronha/56035

-------------------------------



O SURF NOS X GAMES REAL SERIES

A organização dos X GAMES anunciou essa semana que o surf fará parte dos X GAMES REAL SERIES em 2013, uma série de competições online onde os participantes enviam um vídeo de 60 segundos e o público escolhe o seu favorito. Conhecido como as "Olimpíadas dos Esportes Radicais", os X GAMES é um evento criado e organizado pela rede ESPN de televisão. 

Na etapa brasileira dos X GAMES, em Foz do Iguaçu, acontecerá o lançamento do Real Surf, já com a confirmação de Gabriel Medina, Jordy Smith, Chippa Wilson e mais alguns nomes de peso. As votações terão início dia 2 de abril e o vencedor será anunciado entre 18 e 21 de abril, durante a etapa de Foz do Iguaçu. 

Fontes: 
http://espn.go.com/action/xgames/story/_/id/8458368/x-games-adds-surf-ski-women-real-series-event-lineup
http://surfportugal.sapo.pt/competicao/1901-surf-junta-se-aos-x-games-real-series?utm_medium=twitter&utm_source=twitterfeed


-------------------------------



RED BULL JAWS


A Red Bull promete vir com um evento que promete concorrer com o Eddie Aikau nos eventos de Big Surf: o RED BULL JAWS PADDLE, um campeonato de big surf na remada na temida e poderosa onda de Jaws. Esse promete.



-------------------------------

WCT 2013

Os surfistas brasileiros já garantidos para o WCT 2013 são Adriano de Souza, Gabriel Medina, Alejo Muniz, Miguel Pupo e Filipe Toledo. 

Heitor Alves e Raoni Monteiro ainda tem chances, mas precisam pelo menos chegar na 9ª colocação no Pipe Masters. Para Jadson André, somente uma vitória no Pipe Masters pode salvar a sua pele. Willian Cardoso ainda luta por uma vaga no Pipe Masters para defender a sua permanência no tour. A próxima etapa começa dia 8 e vai literalmente decidir o WCT 2012.



Adam Melling vence o Vans World Cup of Surfing

Medina surfou muito, fez sua primeira final no Hawaii e acabou o evento como vice-campeão em Sunset. Foto: ASP / Cestari


O surfista australiano Adam Melling venceu nessa terça-feira o Vans World Cup of surfing, a 2ª etapa da tríplice coroa havaiana e o o último evento Prime de 2012. O brasileiro Gabriel Medina foi o vice-campeão do evento.

Com ondas de até 7 pés na famosa e cultuada bancada de Sunset Beach, Oahu, Hawaii, o evento proporcionoubelíssimos confrontos, principalmente nesse último dia de competição.

Na grande final, Sebastien Zietz (HAW), Adrian Buchan (AUS), Gabriel Medina (BRA) e Adam Melling (AUS) fizeram uma bateria emocionante. 

Adrian Buchan  rabiscou as paredes de Sunset com manobras de borda  sem muita pressão. Somou  6.13 e 7.13 e acabou na 4ª posição. 
Sebastien Zietz, o vencedor da primeira etapa da tríplice coroahavaiana, começou a bateria com um tubo que lhe rendeu 7.67 e logo na sequência pegou uma onda com manobras de borda. Depois passou mais da metade da bateria sem conseguir pegar outra onda. Somou 7.67 e 6.03 e ficou em 3º lugar.  
Gabriel Medina começou a bateria com manobras de bora aplicadas com muita pressão e, no finalzinho da bateria, pegou o melhor e mais limpo tubo da bateria e mandou mais duas rasgadas de backside. Ganhou 7.50 na primeira onda e 8.17 na segunda. Muita gente achou que a onda do Medina seria na casa dos 9 pontos, mas os juízes pensaram diferente.  
Adam Melling começou o confronto com um bonito tubo e aplicou uma forte rasgada na sequência e marcou 6.83. No final da bateria, Melling pegou uma onda da série, aplicou três fortes rasgadas e um snap na junção e marcou 9.33, vencendo a 2ª etapa da Hawaiian Triple Crown.

Com a vitória, Adam Melling ganhou os U$ 40 mil de premiação e carimbou de vez o seu passaporte para o WCT 2013.

Adam Melling, feliz da vida em Sunset.  Foto: ASP / Cestari


A final, e todas as outras baterias do evento podem ser vistas no HEAT ANALYZER http://vanstriplecrownofsurfing.com/vansworldcupofsurfing2012/heat-analyzer

Vale destacar a performance dos brasileiros em Sunset. Medina foi o vice-campeão do evento, Jesse Mendes eliminou Kelly Slater da disputa e foi até a semifinal do evento acabando na 5ª colocação. Alejo Muniz também fez a semifinal e terminou como 7º colocado no Vans World Cup of surfing. Três brasileiros na semifinal em Sunset não é pouca coisa não.  E ainda teve o Ricardinho dos Santos, que foi até as quartas-de-final e acabou o evento na 13ª colocação.

A próxima, última e decisiva etapa começa dia 8 de dezembro, em Pipeline, Nortshore de Oahu, Hawaii.


Resultado da Vans World Cup of Surfing 2012

1 Adam Melling (Aus)
2 Gabriel Medina (Bra)
3 Sebastien Zietz (Haw)
4 Adrian Buchan (Aus)
5 Perth Standlick (Aus)
5 Jessé Mendes (Bra)
7 Alejo Muniz (Bra)
7 Lincoln Taylor (Aus)
9 Jamie O'Brien (Haw)
9 Kieren Perrow (Aus)
9 Jordy Smith (Afr)
9 Brett Simpson (EUA)
13 Jeremy Flores (Fra)
13 Michel Bourez (Haw)
13 Nathan Yeomans (EUA)
13 Ricardo dos Santos (Bra)

ASP Men´s World Ranking

ASP  World Championship Tour Ranking


VANS TRIPLE CROWN RATINGS AFTER 2 OF 3 EVENTS

1. Sebastien Zietz (HAW) 10,950
2. Adam Melling (AUS) 7,200
2. Alejo Muniz (BRZ) 7,200
4. John John Florence (HAW) 6,500
4. Gabriel Medina (BRA) 6,500.





4 de dezembro de 2012

The Perfect Aussie Christmas


O perfeito Natal Australiano. Ficou muito bacana esse video da campanha de Natal da ALDI, uma rede de supermercados varejistas da Austrália. Papai Noel, ceia de Natal, sol e... surf. Nada mais australiano. No filme promocional The Perfect Aussie Christmas, um exército de Papais-Noel vão pegar onda e levam junto um Presunto de Natal. O vídeo foi criado pela BMF.

Feliz Natal e Boas Ondas!


"White Christmas escapees and joint BMF Executive Creative Directors Carlos Alija and Laura Sampdero, said: “A lot of Australians think the European Christmas is special, more magical. But trust us. The grass is not greener. It’s actually buried under an inch of ice. Australians have the best Christmas in the world and we wanted to celebrate that by creating a new icon: the Surfing Santa”."